Get Adobe Flash player

Start para inicio da cultura de larvas do bicho do amendoim.

Amigos,

Neste final de semana preparei três starts para inicio da cultura de larvas do bicho do amendoim e resolvi fotografar para vocês verem como é fácil fazer.

Então se você tem uma colônia ai e não sabe como fazer para dar inicio a novas culturas é só seguir esse passo a passo.

Material necessário:
- Pote plástico ou outro recipiente qualquer, mas que tenha tampa e que dê para fazer uns furos para ventilação.
- Farelo de trigo tostado
- Amendoim
- Pão velho e duro
1º passo
- Forre o fundo do pote formando uma cama com o farelo de trigo tostado.
2º passo
- Pegue um punhado de amendoim e quebre para facilitar a colonização e coloque por cima do farelo no pote.
3º passo
- Pegue alguns animais (larvas, besouros e pupas) de sua colônia e coloque no pote.
4º passo
- Agora coloque uma fatia de pão duro.
5º passo
- Como fonte de água você pode colocar casca de banana ou rodela de batata.
Minha colônia de onde tirei os starts.

Caso tenha interesse entre em contato comigo através do email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Para saber mais a respeito desses animais clique Besouro do Amendoim

Espero que goste e que lhe ajude, se tiver alguma dúvida é só perguntar.

É isso ai, até mais, valeu Pzu.

NASA - Nada Anda Sem Amor

Cultura do Besouro do Amendoim

Galera,

 

 


Acessórios para aquário - Compra de Aquário - Vendo Aquário.

Meu grande amigo Felipe Feitoza esteve em minha residência e me trouxe de presente uma boa muda de musgo e uma cultura de besouro do amendoim.

Aproveitando essa deixa resolvi publicar para vocês um passo a passo de como iniciar e manter essa cultura que é fonte pura de proteína para seus peixes. Sei que já existem diversos artigos na internet, mas vai ai mais um quem sabe não ajuda alguém.

O Besouro do Amendoim (Palembus dermestoides), produz larvas que não ultrapassam 1 cm de comprimento, sendo por isso as mais indicadas para criação de alevinos de pequeno porte.

O Besouro do amendoim é um Coleóptero, da família Tenebrionidae. Tem origem asiática, provavelmente chinesa. Foi introduzido em nosso país por pessoas que os utilizavam com fins terapêuticos, no tratamento de asma principalmente. Poderes afrodisíacos também são atribuídos ao consumo desse pequeno inseto.

COMO MONTAR UMA COLÔNIA?

- Caixa de criação

Pote grande de vidro

Uma caixa plástica pode ser usada, desde que possua tampa que permita renovação do ar na cultura

Aquários são os recipientes mais usados para a criação

- Tela
Um pano ou uma tela tipo mosquiteiro (nylon ou metal), é muito útil para se evitar o ataque de predadores como formigas e lagartixas. Uma fita elástica ajuda a fixá-la na parte superior do recipiente.

- Substrato

Farelo de Trigo

Farelo de trigo
Faça uma camada no fundo do recipiente com cerca de 2cm de altura. Esse será o local onde as larvas irão viver.
O farelo deve ser esterilizado antes do uso, e para isso basta colocá-lo no congelador por 24h

 

Amendoim cru (com ou sem casca)
O ácido araquidônico presente no amendoim é essencial para esses insetos.
Primeira regra quando se utiliza amendoim: sempre procurar adquirir produtos da melhor qualidade possível, pois o risco de contaminação por fungos é alto.
Espalhe sobre a superfície amendoim triturado, ou em grão, ou no caso do fornecimento de amendoim com casca, será necessário fazer uma abertura numa das extremidades para facilitar o acesso dos insetos. Os besouros normalmente colocam seus ovos dentro dos grãos

Amendoim

 

Os besouros costumam ficar na fatia de pão integral

Fatias de pão integral
Pão Preto, Pão de Centeio, Pão de Cereais, de preferência pães mais úmidos. Coloque fatias de pão cobrindo metade da superfície do substrato.

 

- Fonte de umidade
Recomenda-se o fornecimento de alguma fonte de umidade de 2 a 3 vezes por semana, sendo que as sobras desses alimentos devem ser retiradas no dia seguinte ao fornecimento.
Devem ser utilizadas assim que forem retiradas, e colocadas com a parte branca virada para cima, de maneira que a umidade não entre em contato com o substrato.
Também podem ser utilizados os seguintes alimentos, desde que bem lavados e isentos de agrotóxicos:
- Legumes: fatias finas de cenoura, chuchu,...
- Frutas: casca de maçã, pêra,...
- Verduras: couve, repolho,...

Casca de Banana

CUIDADOS
Se houver excesso de umidade na criação de insetos, principalmente no inverno, aparece algo parecido com um polvilho nas paredes do frasco, este é o “ácaro da farinha”. Ele é muito pequeno, mas se for observado com atenção pode-se ver que se movem lentamente. Este ácaro mata as larvas lentamente.
Tratamento: passar todo conteúdo da caixa para uma forma de pizza e expor ao sol direto por 10 minutos. Em seguida, lavar bem a caixa com água e sabão e recolocar os insetos e o substrato. Limpar a borda superior da caixa com álcool. Repetir o processo diariamente até que os ácaros desapareçam.

REPRODUÇÃO
São animais noturnos, e por isso recomenda-se um local sombreado para sua criação.
Estes coleópteros de desenvolvem melhor em ambientes com o clima quente e úmido. Temperatura ideal entre 25-30°C e umidade relativa 70-90%. Calor e frio em excesso matam os besouros.
Possuem ciclo completo: ovos – larvas – pupas – besouros.

- Ovos
As fêmeas realizam a postura sobre o substrato ou dentro dos grãos.
Cada fêmea coloca cerca de 200 ovos durante o período reprodutivo.
Incubação: 1-2 semanas.

- Larvas

Larvas

O tamanho das larvas vai de 1 a 10 mm, e chegam a permanecer nesse estagio por até 2 meses.
Durante o crescimento, trocam a casca quitinosa de 5 a 10 vezes, conforme a temperatura, umidade relativa, capacidade de consumo, tipo de alimento e a interação entre esses fatores.

- Pupas

A larva interrompe seu crescimento, diminui a atividade e adquire o formato de uma letra “C”.
É um estado considerado crítico, pela possibilidade de morte por desidratação.
Permanecem nesse estágio cerca de 1 semana.

Pupas

- Besouros

Besouros

Medem cerca de 5 mm de comprimento por 1mm de largura. Chegam a viver por 15-20 meses.

Esse texto foi elaborado pelo zootecnista Gilberto Schickler, a partir de informações fornecidas pelo pesquisador argentino Ruben Dieminger, que estuda o uso medicinal do Besouro do Amendoim.

Agradeço a visita do amigo Felipe e construí uma caixa de madeira para os meus besouros, quero aumentar a colônia. Vamos ver o que vai acontecer.

É isso ai, até breve. Valeu Pzu

NASA – Nada Anda Sem Amor

 

Aquário de Discos – zOOdiscO – Painel Elétrico

Amigos,

Atualizando os equipamentos para o projeto do aquário de Discos, é hora de reformar o painel elétrico que era do aquário salgado e estava em péssimas condições devido a caixa ser de madeira em mdf que após tanta umidade não resistiu e inchou. Vamos deixá-la mais segura em uma caixa de acrílico.

Se quiser acompanhar a evolução do projeto clica em: zOOdiscO

Vale lembrar que não sou eletricista e não tenho muito conhecimento nesta área, sou quase um ignorante no assunto, então se tivermos um colega eletricista que queira corrigir eventuais erros fique à vontade. É importante dizer também que este painel funcionou por mais de três anos num aquário marinho e o único problema apresentado foi em dois botões que foram substituídos.

Vamos as fotos do passo a passo.

CAIXA DE ACRÍLICO

Tinha uma em casa, mas era maior então tive de cortar e colar para ficar com as dimensões que eu queria. 30x8x20 cm (CLA)

CALÇOS

Fabricação de calços para apoiar a tampa e poder fixá-la com parafusos na caixa.

Calços já colados no local desejado.

ABERTURA DE FUROS

Com a serra copo e a furadeira abri os furos para as tomadas, total de 12.

ESQUEMA ELÉTRICO

O fio branco vem da fonte de energia e corre todas as tomadas, tem uma ramificação em vermelho que corre todos os botões liga/desliga tomada conforme o desenho.

O fio preto vem da fonte de energia e entra em um interruptor geral, saindo um verde que corre todos os botões de liga/desliga tomada, representados pelo quadrado cinza.

O fio azul vem da tomada e vai para o pino central do botão liga/desliga tomada.

Observações:

1 - Não tem o fio terra apesar de a tomada ter pino para isso.

2 - O interruptor serve como uma chave geral, em algum momento pode ser mais fácil desligar apenas um botão em vez de desligar 12.

3 - Não sei a bitola do fio, mas é o que foi utilizado nas tomadas de minha casa quando reformei.

4 - O botão liga/desliga tomada tem luz interna que ascende quando esta ligado, dai o fio vermelho para energizar a lâmpada.

Ligando a parafernália toda, haja paciência para tanta solda.

PAINEL FINALIZADO

O resultado me agradou muito, acho que a maior dificuldade esta em fazer os furos para as tomadas, mas com um pouco de paciência, da para ir fazendo um a um.

PAINEL INSTALADO NO LOCAL DE USO

Rapaz! Isso ficou chique de mais.

Espero que tenham gostado se tiverem dúvidas perguntem à vontade.

Até breve, valeu Pzu.

Nada Anda Sem Amor – NASA

Mais Artigos...

Nós temos 73 visitantes online
Qual tipo de aquário você gosta mais?