UA-56073282-1
website templates
Pavilhão Japonês, símbolo da amizade entre dois países.

Eu e minha esposa fomos no Jardim Japonês no parque do Ibirapuera e tivemos momentos de muita satisfação e alegria. Lugar muito inspirador, você deve visitar e conhecer.
Aquarismo Pzu


Localizado no Parque do Ibirapuera, o Pavilhão Japonês ocupa uma área de 7.500 m2 às margens do lago do parque, e é composto de um edifício principal suspenso, que se articula em um salão nobre e diversas salas anexas, salão de exposição, além de um belíssimo lago de carpas.


O Pavilhão Japonês foi construído conjuntamente pelo governo japonês e pela comunidade nipo-brasileira e doado à cidade de São Paulo, em 1954, na comemoração do IV Centenário de sua fundação. 

Aquarismo Pzu
Projetado como um monumento símbolo de amizade entre japoneses e brasileiros, o Pavilhão reúne materiais trazidos especialmente do Japão, tais como as madeiras, pedras vulcânicas do jardim, lama de Kyoto que dá textura às paredes, entre outros.

A construção do Pavilhão Japonês no Parque do Ibirapuera, em 1954, que foi transportado desmontado, em navio, contou com numerosos imigrantes japoneses que atuaram como voluntários para auxiliar o corpo técnico vindo do Japão.

Essas atividades foram coordenadas pela Comissão Colaboradora da Colônia Japonesa Pró-IV Centenário de São Paulo.

O jardim do Pavilhão Japonês que envolve o todo complexo foi inspirado nos tradicionais conceitos japoneses, e reúne variadas plantas e flores típicas; Nele foram instalados vários marcos relacionados à amizade e intercâmbio entre o Brasil e o Japão.

Um deles, por exemplo, é o pinheiro japonês, plantado em 1967 pelo atual Imperador e Imperatriz do Japão, outro é uma escultura em pedra, com a inscrição de um poema haiku, de autoria de Nempuku Sato, que imigrou ao Brasil em 1927 e, desde então, dedicou-se ao ensino e à divulgação dessa poesia.
O lago das carpas foi construído na mesma época em que o Pavilhão e recebeu as primeiras carpas coloridas no início da década de 70, graças à iniciativa da Associação Brasileira de Nishikigoi e ao intercâmbio com criadores de várias províncias japonesas. 
Com capacidade para cerca de 100 mil litros de água, o lago abriga cerca de 320 carpas.
O Chashitsu, local para a prática da cerimônia do chá, está localizado no edifício central, com sua atmosfera wabi sabi, isto é, de austero refinamento envolto por quietude e pura simplicidade.

A inauguração da sala da cerimônia de chá foi realizada em 1954, com a presença do Grão-Mestre Herdeiro Sen Soko (posteriormente, XV Grão-Mestre do Urasenke) e seu irmão mais novo, o mestre Naya Yoshiharu.

O Salão de Exposição, ligado ao Pavilhão por uma passagem com vista ao jardim zen, apresenta o acervo permanente de arte japonesa constituído de peças doadas e consignadas pelo governo do Japão, entidades, empresas e personalidades diversas. É composto de peças originais e de réplicas perfeitas de "tesouros nacionais" japoneses.

Aquarismo Pzu
Pavilhão Japonês
No tocante ao aquarismo o lago de carpas é algo fantástico, mas além disso tem diversão para as crianças seja correndo pelos jardins seja jogando ração para os peixes fora muita cultura e conhecimento de boa qualidade. Você precisa visitar, tenho certeza de que sairá de lá muito mais culto e melhor do que entrou.
Local: Parque do Ibirapuera - portão 10 (próximo ao Planetário e ao Museu Afro Brasil – Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº - São Paulo – SP (a cerca de 5 quilômetros do Metrô Santa Cruz)

Texto acima adaptado por Pzu de: http://www.bunkyo.org.br

Fiz um videozinho também, dá uma conferida pois vou usar você como testemunha quando for montar o meu lago, veja o vídeo e presta atenção numa resposta que minha mulher me deu a uma pergunta que fiz sobre a construção de um lago. Kkkk Agora ela ta frita. Quero ver escapar.
Espero que tenha gostado.
Até breve, valeu Pzu
NASA - Nada Anda Sem Amor.
21-04-2014

FACEBOOK COMMENTS WILL BE SHOWN ONLY WHEN YOUR SITE IS ONLINE

© Copyright Plataforma 2018 Mobirise - Conteúdo Aquarismo Pzu - Todos os direitos reservados.